MP investiga contrato da prefeitura de Amparo com suposta empresa ‘fantasma’ entre 2014 e 2016

Data: segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020


Promotoria de Justiça de Sumé abriu inquérito para investigar contratos da prefeitura Municipal de Amparo, localizada no Cariri da Paraíba, com uma suposta empresa ‘fantasma’ entre os anos de 2014, 2015 e 2016.

De acordo com o despacho de instauração do inquérito assinado pelo promotor Bruno Leonardo Lins, a ” Construservice Construção e Serviço Ltda é uma empresa de fachada (“fantasma”), inclusive sendo objeto de ações cíveis para sua dissolução, bem como ações penais contra seus sócios”.

Os contratos entre os entes públicos e a empresa, em sua maioria, foram realizados por dispensa de licitação e não foram encontrados contratos ou provas da execução dos serviços.

Ao todo, nove obras estão sendo investigadas. Os contratos foram firmados entre 2014 e 2016. Duas chamaram a atenção da promotoria e foram supostamente realizadas pelo método Tomada de Preços: uma no valor de R$ 300.301,00, para ”construção do conjunto sanitário domiciliar para casa sem água encanada” e outra no valor de R$ 491.666,25, para ”IMPLANTAÇÃO E PAVIMENTAÇÃO EM PARALELEPÍPEDOS NAS RUAS DA SEDE DO MUNICÍPIO”, ambas em Amparo.

O MP também abriu inquérito para investigar a atuação da suposta construtora fantasma em contratos firmados com a prefeitura e a câmara municipal de Sumé.


Fonte:Amparo Ligado
Mais Notícias