Prefeitura de Gurjão confirma entrega do "kit jejum" para próxima quarta (08) e quinta (09).

Data: terça-feira, 7 de abril de 2020



 

O Prefeito Ronaldo Queiroz usou a Radio Gurjão FM no último sábado no programa Revista da Semana para confirmar a entrega do "kit jejum" que tradicionalmente é entregue na semana santa ,  as  entregas serão realizadas nos  domicilio é interessante que as famílias não saiam de casa, na quarta serão entregues zona urbana e rural e na quinta apenas zona urbana.

"Diante do cenário de isolamento social  que estamos passando e da imprevisibilidade econômica para muitas famílias é importante que  a gestões criem estratégias de segurança e benefícios para população,essa iniciativa de distribuição do peixe e alguns gêneros alimentícios como kit jejum  faz parte das ações importantes em alguns municípios , afinal, é semana santa  e para muitos os cristãos que seguem o rito religioso tem uma simbologia importante. Ademais  muitos passam por essa restrição e esperam , como de costume o peixe da semana santa , em sinal de consternação pela morte de Jesus e que tem a orientação de não comer carne vermelha, e é interessante que haja o  esforço necessário busca dar dignidade a muitas famílias e ameniza as privações já vividas diante das circunstâncias do momento vivido" , comentou Ronaldo Queiroz.

Veja algumas medidas que serão tomadas na entrega:

 

1)Manter cadastro atualizado da famílias habilitadas na Secretaria de Assistência Social

2)Fazer a entrega via domiciliar , casa a casa.

3)Prezar que as equipe de distribuição cumpram as recomendações como o uso de EPIS , álcool  em gel 70%, evitar aglomeração nas residências e etc.

4)Ter uma rota pré estabelecidas , baseado no cadastro dos habitantes , garantindo a cobertura das famílias efetivamente.

5)Reforçar os procedimentos de higiene em todos os ambientes , desde a recepção até a distribuição.

Para que assim tenhamos uma Semana Santa abençoada com muito amor , proteção e Jesus no coração. Lembrando a todos que permaneçam em suas casas tomando as  medidas de prevenção necessárias e que teremos toda a responsabilidade enquanto gestores para que o peixe chegue na casa das pessoas.



Fonte:asscom
Mais Notícias